14 jan 2015

Blogagem Coletiva – Dietas: modinha ou busca real por uma vida mais saudável?

Dietas modinha ou busca real por uma vida mais saudável

Aêêêêêê, galerinha da onze

Depois de um longo e tenebroso inverno – mentira aqui tá Rio 40º Cidade Maravilha purgatório da beleza e do caos – voltamos com a nossa programação.

E vocês tudo bem, bem, bem?

Então começamos de ano e várias promessas né? Uma delas que mais vimos em nosso desafio fotográfico do #blogosferamaisunida foi o de 80% (média nossa tá?) das participantes foi o desejo e promessa de emagrecer.

Aí a gente se pergunta: Até aonde vai isso? É moda ou uma busca real de uma vida mais saudável?

Eu mesma fiz a promessa de começar a caminhar, comprei tênis e tudo, então né?

Num mundo aonde a obesidade mórbida é um dos motivos maiores de mortandade, ficamos mais atentos à nossa saúde, mas eu disse, obesidade mórbida!

Ficamos mais propensos à fast foods, pizzas e certas guloseimas que a gente começa de vez em quando e acabamos, no de vez em sempre e isso nos custa muito, porque a saúde vai pro brejo minha gente!

Eu vejo os dois lados da moeda:

Primeiro. Vejo uma enxurrada de fatos e fotos em favor da ditadura à beleza da magreza, por todos os lados: revistas, propagandas (já viu modelo de lingerie mais cheinha?), desfiles com modelos magérrimas, até em propaganda de cerveja tem gente, praticamente sem um pingo de gordura. E com isso, várias pessoas são influenciadas e acabam em dietas muito loucas: da água, da lua, do sol, do cheiro (essa eu inventei: vc fica cheirando chocolate e vivendo de luz), e tantas outras, sem nenhum acompanhamento médico.

Vejo também as academias lotadas e também sem nenhum acompanhamento médico, porque não dá pra ficar igual as modelos de TV, cada pessoa tem seu biotipo, genética…

Ou seja: estão ficando magras sim, mas a que custo? Será que vale à pena esse corpo perfeito e sua saúde sei lá como?

Isso tudo pode gerar uma ansiedade e com isso uma depressão profunda por não ter o corpo ditado como “ideal” para os padrões da sociedade.

Segundo. Eu vejo as pessoas conscientes que querem manter um peso ideal para sua saúde, com acompanhamento médico, mas sem obsessão ou extrapolando seus próprios limites.

Conquistar a forma física ideal para o seu corpo não quer dizer que você vai ficar com o mesmo peso e corpo daquela modelo da revista top, isso não é felicidade, mas sim conquistar uma melhoria de vida, com alimentação mais saudável, tomando suplementos e/ou fazendo exercícios corretos, para seu biotipo, para não ficar sedentário (sim o sedentarismo pode causar muitos problemas) e com isso uma vida mais saudável.

bigstock-my-new-life-chapter-one-concep-53641333

Eu me toquei quando vi em um episódio do programa televisivo Saia Justa, em que as meninas falavam sobre sedentarismo e quanto podia ser prejudicial à saúde… Decidida, comprei um tênis e comecei a fazer caminhada, no  meu ritmo, sem extrapolar e para depois não ficar toda doída à ponto de nunca mais querer andar na vida. Com isso tenho me sentido melhor, embora o calor no Rio esteja atrapalhando um pouquinho meus planos de saúde… #+40ºC

Acho que todo mundo tem a forma física que necessita ter, penso que conforme o biotipo e genética. E tem mais. Tem muita gente que está super saudável e satisfeito com seu corpo mesmo que para os padrões da sociedade esteja “acima do peso”. Acima do peso ideal só seu médico poderá lhe dizer se você está ou não e quais as complicações disso.

Acredito na beleza real – aquela na qual cada pessoa tem suas particularidades, corpo, genética, estilo de vida, aliada ao tempo e vontade de buscar um viver mais saudável para o hoje e o amanhã. Da mesma forma que vale buscar um amigo para saber qual suplemento está tomando, vale, saber do médico se há algum problema no corpo que o impeça de consumir algo, por alergia ou intolerância, por exemplo, antes de começar uma dieta específica e personalizada (dieta = alimentação diária e não somente como muita gente pensa, como restritiva). Se a grana está curta, acho que todo mundo já sabe o que escolher no dia a dia: alimentos mais naturais (integrais ou com menos química, corantes, conservantes, emulsificantes), menos industrializados e embutidos (presuntos, queijos amarelos, salames e afins), menos bebidas alcoólicas e gordura (frituras, margarina) e açúcar (doces), muita água (1 litro a cada 50 quilos/peso), mais frutas e verduras e legumes, proteínas … E se for para emagrecer, comer menos do que o corpo vai gastar nas atividades do dia a dia.

E vale muito a pena, meninas!

Então vamos dar mais valor à nossa saúde do que aos padrões impostos, todos os dias, pelos veículos de comunicação? Seu corpo agradece e sua cabeça também.

Essa é uma blogagem coletiva do #blogueirasmaisunidas e você pode ver todas elas no instagram do grupo @blogmais.

Outras blogueiras que fizeram a blogagem coletiva, vale muito ler a opinião dazamigas né?

Nina Rosa Hot : Dietas: modinha ou busca real por uma vida mais saudável?

Baú Hype: Dietas: modinha ou busca real por uma vida mais saudável?

Blog da Priscila: Porque você faz dieta?

Garotas Rosa Choque: Fazer dieta é diferente de ser saudável

Comentários

Comente no blog!

Priscilla

Muito legal e que bom que vc começou a fazer algo por você!
Realmente temos que questionar a que preço é essa magreza e corpos esculturais. Muitos sequer viram um nutricionista na vida…

Bjs

Ps: meu nome tem dois L ;)

RESPONDER


Garotas Rosa Choque

Muito legal seu ponto de visa Marilia, acho que você tocou no ponto principal, que é o equilíbrio. Acho que fazer coisas que te fazem bem, caminhar, comer de forma mais saudável, tem que ser de um jeito gostoso, que te faça feliz, quando começa a ser uma neurose, uma obsessão, mesmo que você esteja emagrecendo, não é saudável, pq saúde também significa bem estar e felicidade, culpa não ajuda em nada. Bjão! :)

RESPONDER


Giane Carvalho

Arrasou, Marília! Buscar a saúde em vez da magreza é a melhor opção. Eu acho. =D Bjs

RESPONDER


Dietas: modinha ou busca real por uma vida mais saudável? | Bau Hype

[…] quiser ler outros posts da blogagem coletiva, passa no Nina Rosa Hot, Blog da Priscilla, Coisas da Gigi e Garotas Rosa […]


Roberta Pedroso

Olá Marilia, minha mudança de vida começou no dia 13 de junho do ano passado. Depois de tentar todas as dietas possíveis, sopas, sucos, dieta dos pontinhos, academia, resolvi fazer a cirurgia bariátrica. A minha decisão foi tomada baseada na minha saúde, pois fiz exames que indicavam que eu poderia ficar diabética num futuro bem próximo. Hj estou 44 kgs mais magra, feliz da vida. Logicamente essa cirurgia tem seus prós e contras, mas estou feliz. Ai me perguntam se eu recomendo, e eu digo que sim. Mas não como milagre, pois a cirurgia não é nenhum milagre. Mas como uma ajuda pra vc atingir seu objetivo. Bjssssssssss

RESPONDER


Isy

Pois tens toda a razão! A beleza tem um custo, mas nem sempre um sacrificio se soubermos o que estamos a fazer e como o estamos a fazer!
Adorei o post!

Bjxxx

RESPONDER


Juliana Xavier

Não fiz promessa nenhuma para esse ano, rs, mas gostaria sim de mudar algumas coisas. Emagrecer um pouco e dimimuir q circunferência da cintura. Minha família tem propensão a infartos e isso aumenta a chance, preciso me cuidar. Mas quero conseguir isso melhorando a alimentação e fazendo exercícios regularmente, quero muito dar tchau ao sedentarismo. Nada dessas dietas malucas que acabam deixando as pessoas doentes.

Beijo.

RESPONDER


Babi Bernardo

Oi, amiga!
Eu também coloquei na lista que quero mudar meu estilo de vida este ano: quero me alimentar melhor e fazer mais exercícios. Não para ser magérrima porque eu não tenho o biotipo mas para ter mais condicionamento físico e cuidar da minha saúde :)
Bjs e vou dar uma olhada nos outros blogs q vc indicou!

RESPONDER


Erika Souza

Enquanto a pessoa procurar dietas para emagrecer pra ficar com o corpo sarado, ela não vai emagrecer.A pessoa só emagrece qdo ela tem a consciência de que a saúde está em primeiro lugar e busca a partir daí uma vida saudável: isto aconteceu comigo por isso várias dietas sem sucesso.Hj faço reeducação alimentar e exercícios físicos e já eliminei mais de 10 quilos

RESPONDER


Adriana

Oi Marilia…. vim dar uma olhada no te cantinho… desde que deu o ’tilti’ no sistema de feed, não recebo mais tuas news… e não consegui atualizar todas que eu assinava… bom, não achei onde inscrever meu e-mail para receber atualizações do blog (coisas da loira anta aqui).. mas gostaria bastante de receber… se der, me avisa como fazer.!!
Concordo, a gente tem q se mexer… chega de ficar sentada olhando a vida passar… não faço grandes coisas, mas dou minha volta com o cão todos os dia, 30 min, caminhando… subo e desce escada zilhões de vezes.. sem contar a ginástica da vassoura e pano de pó que já está incorporada ao meu dia a dia
bjs

RESPONDER


Vanessa dos Santos

Oi Marilia,

Acredito que as pessoas devem ser saudáveis e não necessariamente magras. Eu gosto de me exercitar e tals, melhorei minha alimentação mas fazer dietas loucas nem pensar. Essa dieta do cheiro me fez rir muito, achei muito louca.

Beijos

RESPONDER


QuadroFeminino (Cih)

Ótimo post Marília! Eu sou uma das que está tentando melhorar a qualidade de vida, pois vivo cansada, durmo mal, me alimento em horas erradas, estou sedentária, enfim preciso mudar urgentemente meu estilo de vida para ser mais produtiva e também poder aproveitar melhor meu dia dia, tem dias que estou um lixo que nem eu mesma me aguento! Não sou adepta a dietas loucas, restritivas e já vou fazer um check up, para fazer tudo certinho, sem riscos.

RESPONDER


cila-leitora voraz

Oi Marilia,tudo bem?
Já falei aqui antes, eu adoro quando vocês fazem postagens sobre como ter uma vida mais saudável. Achei ótima sua descrição de dieta, super importante esclarecer que não é só restritiva. Eu busco uma vida mais saudável, uma alimentação mais saudável, e o meu padrão é aquele que me faz sentir bem comigo mesma, independentemente do que a sociedade está ditando.
Adorei!!!!
beijinhos.
cila.
http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

RESPONDER


cila-leitora voraz

Oi Marilia,tudo bem?
Achei ótima sua descrição de dieta, super importante esclarecer que não é só restritiva. Eu busco uma vida mais saudável, uma alimentação mais saudável, e o meu padrão é aquele que me faz sentir bem comigo mesma, independentemente do que a sociedade está ditando.
Adorei!!!!
beijinhos.
cila.
http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

RESPONDER


marina mott

acho que o segredo de tudo está no equilíbrio (equilíbrio, cade vc??? – hahaha). Bjs, Marilia!

RESPONDER


Mon

Ahasou!!! Mas tem q ter corpão sim! kkkkk

RESPONDER


simone andrea p.santos

nossa amei esta materia!! pq eu fico louca com os abusos que se faz para emagrecer, cuidam do corpo e se esquecem da mente aí vem #anorexia #bulimia #depressão e tantos outros problemas mais ,conheço uma pessoa bem proxima que ficou na UTI DESENGANADA por causa de dieta sem noção ainda bem que se recuperou
ñ sou contra quem faz dieta mas desde que saiba fazer e ate onde pode se sacrificar….
eu tenho obesidade e sim morbida ehehhehehe preciso urgente perder uns 20kg p/ mais ainda pois o ideal seria perder uns 40 kg mas me conheço e sei que dieta ñ rola comigo

RESPONDER


A modinha das dietas | Blog Oxente Menina

[…] Dietas: modinha ou busca real por uma vida mais saudável? – Coisas da Gigi […]


Coisas da Gigi » Arquivos » Celulite e gordurinhas localizadas: Ada Tina Claffeise CL.

[…] estou dizendo para   a-m-a-r   a macrobiótica, vegetariana, ‘crucífera’ etc, nem a dieta e a ditadura da moda, nem viver de vento, mas sim, optar por comidas mais leves, com menos gordura, sal, conservantes […]